terça-feira, 1 de março de 2016

Dia 1

Como seria de esperar, o planeamento que fiz foi por água abaixo, principalmente porque planeei de cabeça e não propriamente com o que tinha em casa. 

Infelizmente, nos dias que correm as pessoas não têm muito tempo para perder a cozinhar, ou pelo menos, preferem ocupar o tempo a fazer outras coisas. Eu, pelo menos, penso assim. 

Em primeiro lugar porque não sou uma boa cozinheira. Tenho jeito para sobremesas, bolos e doces, mas para os pratos em si, não tenho, nem nunca tive muita habilidade. Não passo fome, mas nunca ficam pratos saborosos e bonitos, porque eu, desde cedo, não tempero nada do que como (por nenhuma razão especial). 
Por exemplo, acho parvo temperar um peixe grelhado, porque tira todo o sabor, mas, por outro lado, há outros alimentos que só ganhariam se os temperasse. Embora continue sem o fazer, acredito que o tempero faz toda a diferença, no entanto, para além de não ter esse hábito, também me parece que nunca tive muita noção das quantidades, da mistura de sabores. No fundo, para mim, sal e coentros é basicamente o que há na cozinha para temperar a comida. Reconheço que me falta alguma sensibilidade no que toca à cozinha, mas ninguém é perfeito, certo? 

Mal ou bem, os meus hábitos alimentares foram mudando, principalmente pelos resultados que vou vendo no meu próprio corpo, como em relação à saúde. Obviamente, que o exercício é uma peça fundamental neste processo, mas isso não é nada que não tenhamos já fartos de ouvir falar pelos médicos. 

Voltando ao início... 

Ao pequeno-almoço, por volta das 10 horas, comi uns belos ovos mexidos com pêra e amêndoas. 

Por volta das 13 horas (contava almoçar mais tarde),  almocei uma saborosa sopa de cenoura e abóbora feita pela mana. Sinceramente, não tenho fome, mas o espaço de tempo entre as duas refeições não foi muito grande. Vejamos como corre a tarde.

O jantar, almôndegas com salada de papaia. Fiz questão que cozinhar as almôndegas até para deixar para o dia de amanhã. Estão bem boas, apesar do ar pobrezinho, mas estava junto à lareira. Estava uma noite fria! Ia-me esquecendo.. finalizei com morangos.

Sem comentários:

Enviar um comentário