quinta-feira, 17 de março de 2016

Dia 16

O meu mega pequeno-almoço foram dois ovos mexidos com oregãos, morangos e meia banana, que andava lá por casa perdida. E mega porque adoro pratos com cor e bonitos e cheirosos e acabados de fazer. Ahhh! E dão boas fotografias para o blogue.
Não acontece muitas vezes tomar o pequeno-almoço em casa e, por isso, é sempre um gosto puder cozinhar  aquilo que vou comer. Dá outra dinâmica ao meu dia. Bom, na verdade não dá, mas é melhor do que enfiar os ovos mexidos dentro de uma caixa e vê-los a arrefecer até chegar ao trabalho. 

Almoço: "eu bem disse que desta semana não passava". Frango com salada mista no restaurante "BonJardim", ali no Rossio. Estava bom, mas o famoso arroz de miúdos a acompanhar ficou a olhar para mim. Mas não vai a lado nenhum até ao mês que vem, por isso, para Abril não me escapa. Finalizei com uma rodela de ananás.

Há muitos anos que conheço o restaurante. O meu pai adora frango como eu gosto de bolos, portanto, é um espaço conhecido e apreciado desde os meus tempos de garota.
Grande parte dos clientes devem ser turistas, embora durante a semana, ao almoço, há muitas pessoas que trabalham por perto que se decidem por ali comer.
É uma casa antiga de Lisboa, conhecida pelo frango assado com arroz de miúdos (que não comi). Mas tem pratos comuns. Hoje, por exemplo, o prato do dia era cozido. Vi-o ao nas mesas do fundo.
Na realidade, o restaurante divide-se por dois edifícios, um à frente do outro, na Travessa de Santo Antão, a alguns metros do Coliseu de Lisboa. Os espaço são de traça antiga com alguma modernização dos tempos, mas pouca. Os empregados, trabalhadores da casa há décadas, usam-na como se fosse deles. Os clientes agradecem.

Ao jantar, a escolha foi simples: delícias do mar com macedónia.






Sem comentários:

Enviar um comentário