sexta-feira, 15 de abril de 2016

Panquecas com farinha de tapioca

Esta receita foi-me dada por um amigo. Aliás, tive o privilégio de jantar uma valentes panquecas de farinha tapioca com presunto e queijo ralado. Estava simplesmente divinal. A particularidade desta receita é que nos remete à panqueca simples e clássica, como já havia dito num post anterior, o que nos dá margem para criar e inovar ainda mais no conteúdo da mesma. Propícia ao uso de alimentos salgados, em vez dos doces, mas tanto um como outro encaixam na perfeição. É uma questão de gosto!

 Alterei ligeiramente a receita por motivos de ordem técnica, mas a base é:

  • 4 colheres de farinha de mandioca
  • 3 ovos L
  • pitada de sal
  • bebida de côco a gosto
Em vez da bebida de côco (que eu não sei o que é) usei leite de arroz, mas o objetivo era usar leite de côco. Há estas duas opções. Das duas formas, o resultado é o mesmo. Belíssimo! 

De realçar que cozinhar panquecas com polvilho doce ou com farinha tapioca é ligeiramente diferente. A farinha vai absorver o leite seja de côco ou de arroz e vai criar um granulado, que é o que dá a consistência a este tipo de panqueca. No entanto, não aconselho a fazer grandes quantidades para guardar, porque, a meu ver, a panqueca perde algumas qualidades. É uma panqueca seca que serve bem como base para o almoço e para o jantar. Penso que para o pequeno-almoço e lanche, prefiro as panquecas com polvilho doce. Cá está,é uma questão de gostos!

Deixo algumas fotografias do momento alto do meu dia: fazer panquecas! 




Sem comentários:

Enviar um comentário